sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Bolo de Banana e Caramelo da Verena

Não sei se já contei aqui, mas a bastante tempo tive um blog de culinária (que acabei deletando pouco antes do nascimento do Albertinho), que me permitiu conhecer pessoalmente algumas pessoas muito especiais e queridas, com quem tenho contato até hoje.  Uma delas é a Verena (Mangia Che Te Fa Bene), uma pessoa maravilhosa, que tem todo meu carinho e admiração.

Lá por 2009, fiz um encontro com algumas blogueiras em casa, onde cada uma levou um quitute para degustarmos. A Vê levou um bolo de banana e caramelo que é de longe o melhor que já comi na minha vida!!

Eu ainda não estava grávida do Albertinho (estava no período de tentativas) quando fui apresentada a essa maravilha, mas o marido comenta a minha reação e tira o maior sarro da minha cara até hoje: o pouquinho que sobrou da reunião, cada vez que ele ameaçava chegar perto, eu rosnava... parecia um rotweiller defendendo o osso! rsrsrs... 

Pouco depois, tive a notícia de que meu pequeno cozinheiro já havia se instalado na minha barriga. A Vê já tinha postado a receita, e eu já havia pêgo e guardado... mas, para ela é preciso um termômetro culinário, desses para caldas, que eu não tinha!! Comecei a ter um desejo tão absurdo, que sonhei com o danado do bolo. Liguei para a Verena, e encomendei um bem grandão (na época, ela vendia esse e outros bolos maravilhosos).. atravessei a cidade (ela morava bem longe de mim), e fui buscar o bolo com o qual eu estava sonhando a dias a fio... comi praticamente todo sozinha!! Pelo menos, Albertinho não nasceu com cara de bolo de banana!!

Claro que depois disso, providenciei um termômetro culinário, e o bolo pintou por aqui mais algumas vezes (mas, não sei a que título, eu nunca acertava o caramelo). Até que o bendito do termômetro sumiu, eu também andei numa fase um tanto quanto turbulenta - e distante do fogão - da minha vida, e nunca mais fiz, nem esse, nem qualquer outro bolo.. 

No fim de semana passado, fui organizar meu armário de formas, forminhas e afins.. precisava saber o que eu ainda tinha, o que não tenho mais, e o que vou precisar, para essa fase de aventuras culinárias do Alberto. Ao mexer numa das gavetas, quem eu encontro? Justamente o meu termômetro de caldas!! A primeira coisa que me veio à mente foi fazer esse bolo, pois Albertinho nunca tinha experimentado.

Fomos os dois para a cozinha, e o pequeno, como sempre, foi quem fez separou todos os ingredientes, e foi colocando na batedeira, na ordem que a receita manda. Foi ele também  quem mexeu o caramelo, enquanto eu cuidava o ponto. E não é que esse bem bolado deu certo? Foi a primeira vez que acertamos o ponto do caramelo, que ficou lindo, grosso e abundante, como o da Verena!!  É... definitivamente, acho que meu filhote tem mãozinhas mágicas, e ainda vai surpreender muito na nossa cozinha.



A receita, segue exatamente como a Vê postou (segui totalmente as orientações dela, e deu super super certo), abaixo:

Banana Caramel Cake 
(Receita do maravilhoso Mangia Che Te Fa Bene, da minha querida amiga Verena Buschinelli)

Massa:
2 1/2 xícara de trigo
2 1/2 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/2 colher (chá) de sal
1/2 xícara de manteiga sem sal amolecida
1 1/4 xícaras de açúcar cristal
2 ovos grandes
1 1/2 colher (chá) de extrato de baunilha
1/2 xícara de buttermilk (use uma colher de sobremesa de vinagre ou suco de limão para talhar o leite – espere 5 minutos para empregar)
1 xícara (aproximadamente 2) bananas bem maduras amassadas
Pré-aqueça o forno a 177ºC. Unte a forma com manteiga, enfarinhe e reserve.
Numa tigela peneire: o trigo, fermento, bicarbonato de sódio e o sal. Reserve.
Em outra tigela maior bata (velocidade média) a manteiga até que fique fofa, mais ou menos 1 minuto. Acrescente o açúcar e bata mais uns 2 minutos.  Junte os ovos, um de cada vez, batendo muito bem após cada adição.  Por último a baunilha.
Reduza a velocidade da batedeira e acrescente os ingredientes secos em 3 etapas, alternando com o buttermilk e as bananas amassadas, começando e acabando com os secos.  Não bata demais, somente o necessário para incorporar os ingredientes após cada adição.
Leve ao forno para assar até que fique dourado ou passe no teste do palito. Deixe amornar por 20 minutos e vire num prato de bolo. 
Se preferir o bolo pode ser cortado ao meio e recheado também, a cobertura rende muito.  Eu prefiro assim só como cobertura e guardo o resto para outro bolo….
Cobertura de caramelo: (assim que resolvi fazer a receita, comprei um termômetro culinário, nunca fiz sem. Não é caro e dá para usar em muitas outras receitas.)
3 xícaras de açúcar mascavo (desfaça as pelotinhas antes)
1 1/2 xícaras de creme de leite (uso o de caixinha mesmo)
suco de meio limão (ajustei esta quantidade para meu gosto)
5 colheres de manteiga gelada cortada em pedacinhos
Misture numa caçarola o açúcar mascavo, creme de leite e suco de limão.  Ajuste o termômetro culinário com o clipe na panela e leve ao fogo médio até que chegue a 238ºF/114ºC – chamado de estágio de bala mole.
Remova a panela do fogo e deixe esfriar até que a temperatura chegue a 140ºF/60ºC.  Retire a manteiga da geladeira e coloque sobre a mistura de caramelo. 
Remova o termômetro e bata com batedeira em velocidade média/alta até que o caramelo endureça e perca o brilho ficando opaco, pode demorar de 5 a 7 minutos. A receita original orienta que seja usado imediatamente. Prefiro esperar alguns minutos para que o caramelo endureça mais um pouquinho e não escorra ao ser aplicado no bolo. Mas não espere muito senão a consistência fica muito dura e dífícil de espalhar. 
*Obs da Mari e do Albertinho: as duas formiguinhas que vos falam estavam de tal maneira afoitas para comer o bolo, que usamos o caramelo imediatamente. Tiramos as fotos, cortamos, comemos, comemos denovo (rsrsrs), mas mesmo assim a cobertura ficou bem grossinha. Caiu para os lados, porque os dois glutões aqui colocaram todo o caramelo no bolo (mesmo a receita dele sendo dupla)!!  Depois de comermos, dei um pulinho na copa para guardar o bolo e observei que a cobertura está bem durinha, e se eu tivesse esperado, teria sido possível fazer os arabescos lindos com o garfo que a Vê fez no bolo dela. 
O que sobra eu guardo em vidro esterilizado tampado.

A única vez que o Alberto havia comido esse bolo, tinha sido dentro da minha barriga... posso dizer que, 6 anos depois, ele ficou ainda mais apaixonado, e numa sentada, já comeu 3 pedações bem grandinhos.

Então amores, se posso dar um conselho a vocês sobre esta delícia é: FAÇAM!!

Beijos no coração de cada um de vocês!
Bom apetite, e até a próxima! 



6 comentários:

  1. OI tudo bem? já cheguei aqui e vi que vc arrasa na cozinha também ..Fiquei apaixonada por este bolo e farei sim ..não este final de semana ,pois é chá de bebe da minha princesa ....mas farei sim e ja estou salvando aqui .... este bolo me fez lembrar da minha infancia ..amei bjus doces e obrigado pelo comentario carinhos
    Bjinhos doces
    Sadhia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, que delícia ver você visitando meu cantinho!! Seja sempre muito bem vinda por aqui!! Esse bolo é uma delícia, vale a pena você experimentar.
      Que o chá de bebê da sua princesa seja um sucesso, poste depois as fotinhos para nós acompanharmos... :)
      Bjo grande e ótimo fim de semana,

      Mari

      Excluir
  2. Oi, Mari! Claro que me lembro de você! Uma das primeiras a seguir e comentar no meu blog! Uma querida e uma mãe muuuuito orgulhosa! rsrs

    Que bolo maravilhoso! Essa massa fofinha, o sabor de banana... Mas a cobertura de caramelo sem dúvida é o que me chama mais a atenção! haha

    Também repito seus erros, de usar cobertura quente, ou pelo menos não resfriada. A gente sofre pra esperar, se não espera sofre porque o resultado podia ser outro, mas está feliz porque sai cada coisa gostosa, não é mesmo?!

    Meus filhotes também me ajudam na cozinha vez e outra. Um faz essa semana 5 anos e o outro semana que vem, 3 anos.

    Um grande beijo para você! Seja bem vinda de volta. Agradeça ao Albertinho por mim por ter te trazido novamente a blogosfera. :D

    Talita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talita querida,

      Que alegria ver seu recadinho por aqui! :)
      Seja sempre muito bem vinda... adoro seu blog e suas receitas, e pode ter certeza de que muitas receitas deliciosas do Chocorango vão pintar por aqui - agora, com a ajuda do super Albertinho, que tem adorado vir comigo para a cozinha!
      Eu me lembro do primeiro chocoranguinho, que delícia saber que ele ganhou um irmãozinho!
      Super beijo,

      Mari

      Excluir
  3. Esse bolo é realmente uma delícia, Mari! Já experimentei e coloquei a receita lá no blog.É um dos melhores que já comi. O seu ficou lindo. Parabéns!
    Bj e uma ótima semana para você,
    Lylia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lylia, esse bolo também é um dos melhores - se não for o melhor - que já passaram por aqui! Entre ele e aquele outro que postei a alguns dias, a briga é boa... precisaria comer os dois juntos para dizer qual gosto mais!
      Ótima semana para vc tbm.. mto obrigada pelo carinho!
      Bjo grande,

      Mari

      Excluir